18.4.17

Em carta a Temer, Papa Francisco diz que é preciso pensar nos pobres e critica ‘soluções fáceis’ para a crise


Em carta a Temer, Papa Francisco diz que é preciso pensar nos pobres e critica ‘soluções fáceis’ para a crise

Crédito da foto: Divulgação
O Papa Francisco afirmou, em carta enviada a Michel Temer, que a crise que o Brasil enfrenta não é de fácil solução e que é preciso pensar, antes de tudo, nos mais pobres. De acordo com o Blog do Camarotti, do G1, o pontífice afirmou que “não podemos mais confiar nas forças cegas e na mão invisível do mercado” e lembrou que o crescimento equitativo exige algo mais do que o crescimento econômico.
“Não posso deixar de pensar em tantas pessoas, sobretudo nos mais pobres, que muitas vezes se veem completamente abandonados e costumam ser aqueles que pagam o preço mais amargo e dilacerante de algumas soluções fáceis e superficiais para crises que vão muito além da esfera meramente financeira”, escreveu.
Desde que assumiu, Temer vem tomando medidas que custam caro aos direitos dos trabalhadores e servem exclusivamente ao empresariado brasileiro e às classes econômicas dominantes – ponto que se encaixa na crítica de Francisco. Esse tipo de constatação vir da instância maior de representação católica – o papa – tem extrema relevância em um país como o Brasil, que ainda é predominantemente cristão.
A carta é uma resposta à invitação enviada por Temer no ano passado, já depois de consumado o golpe. Na ocasião, o presidente ilegítimo convida o papa a visitar o Brasil nas comemorações dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida em 2017. O convite foi recusado.

Nenhum comentário: