26.1.16

ARIANO SUASSUNA DE VOLTA À ILHA DO RETIRO, COMO ESTÁTUA E REFERENCIAL TURÍSTICO

DO DIÁRIO DE PERNAMBUCO

Estátua de Ariano Suassuna exposta nas sociais da Ilha do Retiro. Foto: Gustavo Gusmão/twitter)
No Recife, existem doze estátuas de escritores famosos espalhadas em pontos turístico da capital, em tamanhos semelhantes aos seus personagens. O passeio é conhecido como Circuito da Poesia. Emulando a ideia, o Sport expôs na Ilha do Retiro, de forma pontual, uma escultura do dramaturgo paraibano e torcedor leonino Ariano Suassuna. O jogo era propício, em sua homenagem.
A peça, feita por Mestre Nildo em um tronco de madeira e apresentada na Fenearte, foi colocada setor das sociais, como um legítimo rubro-negro presente na partida contra o Argentinos Juniors em 2016. Sentado, de olho para o campo.
Estátuas de Manuel Bandeira, João Cabral de Melo Neto, Capiba e Carlos Pena Filho no Recife. Fotos: Diario de Pernambuco e Prefeitura do Recife
Ideia simples, mas suficiente para eternizar Ariano em sua segunda casa, como no restante da cidade com Manuel Bandeira, João Cabral de Melo Neto, Capiba, Carlos Pena Filho, entre outros nomes enraizados em Pernambuco.
Voltando ao futebol, há um exemplo de longevidade nas arquibancadas, com a estátua de Carlos Gardel no Parque Central, o estádio do Nacional do Montevidéu. Inaugurada em outubro de 2013, a reprodução do mais famoso cantor de tango, em sua primeira passagem na cancha, tornou-se referência turística. Como não imaginar o mesmo na Ilha, com o traje Sport Fino de Ariano?
Estátua de Carlos Gardel no estádio do Nacional, no Uruguai. Foto: ferplei.com

Nenhum comentário: