11.5.15

SOLDADOS DOS EUA VENDERAM VÍDEOS DE 54 MENINAS POR ELES VIOLENTADAS NA COLÔMBIA

imagem
REUTERS/Kim Hong-Ji/ Resumen Latinoamericano

O porta-voz do Comando de investigações Criminais do Exército estadunidense, Chris Grey, apontou recentemente o desenvolvimento de uma investigação em resposta às acusações de um informe, apresentado pelo Governo colombiano e pela guerrilha das FARC, que afirma que militares dos EUA abusaram sexualmente de pelo menos 54 meninas colombianas entre 2003 e 2007 e que “venderam os vídeos íntimos como material pornográfico”.

O informe foi produzido pela Comissão Histórica para o Conflito e suas Vítimas, que possui como objetivo estabelecer “as causas e os agravantes da violência” no conflito na Colômbia, e se centra nas terríveis ações dos soldados norte-americanos no país latino-americano.
“Em Melgar e na vizinha Girardot, 53 menores foram vítimas de abusos sexuais por parte de mercenários, que filmaram os abusos e venderam os vídeos como material pornográfico. Também em Melgar, um mercenário e um sargento dos Estados Unidos violaram uma menina de 12 anos em 2007. Tanto suas ações como sua imunidade contribuíram para a insegurança da população em zonas de conflito”, cita o informe no portal Thei Daily Beast.
“Existem provas abundantes de violência sexual e de total impunidade graças aos acordos bilaterais e a imunidade diplomática dos funcionários dos Estados Unidos”, continua o documento.
O documento destaca: “Os casos de agressões sexuais perpetradas por soldados e militares terceirizados dos Estados Unidos em toda Colômbia devem ser investigados e os culpados devem ser castigados”.
Tradução: Partido Comunista Brasileiro (PCB)
Fonte: http://www.resumenlatinoamericano.org/2015/05/04/estados-unidos-soldados-de-ee-uu-vendieron-videos-de-54-ninas-a-las-que-violaron-en-colombia/

Nenhum comentário: