23.1.15

DRÁUZIO VARELLA DEFENDE O DIREITO DE SER ATEU

Trecho do programa "Sempre um Papo", exibido em 2009, onde o médico Dráuzio Varella fala sobre o respeito ao ateísmo e comenta sobre o caso dos médicos que foram excomungados por terem feito um aborto legal em uma menina que havia sido estuprada.
Também endossa uma curiosidade: os médicos e a menina foram excomungados, mas o estuprador não.
Vale a pena assistir.

Nenhum comentário: