29.5.13

PROFESSORES DO SETOR PRIVADO DE PERNAMBUCO PODEM DECRETAR GREVE

Professores do setor privado de ensino poderão decretar greve nesta quarta-feira (29), em assembleia marcada para às 8h30, no Centro Social da Soledade (Recife) e nas subsedes do Sinpro em Caruaru, Petrolina e Limoeiro.
O Sinpro Pernambuco e o Sinepe já realizaram seis Rodadas de Negociação que não apresentaram nenhum avanço. Na última reunião, realizada no dia 28 de maio, o Sinpro propôs flexibilizações a mesa de negociação, no sentido atender a pauta reivindicatória da categoria.
Contudo a entidade Patronal afirmou que só poderia dá algum posicionamento após realização de uma assembleia com donos de escola, que será realizada na próxima semana.
De acordo com o coordenador Geral do Sinpro Pernambuco, Jackson Bezerra, o patronato não considera nenhuma das exigências apresentadas pelos professores e trabalha com a lógica de eliminar direitos já conquistados. Segundo ele, a entidade Patronal não tem compromisso com a qualidade da educação e visam apenas o lucro.
“Eles negaram a proposição de hora atividade, a proposição de apoio técnico aos professores que trabalham em escolas com alunos com necessidades especiais, ticket alimentação, acesso a cultura e lazer e excluem qualquer cláusula que esteja relacionada à saúde do professor. No nosso entendimento, mais uma vez, o patronato estende a campanha salarial demonstrando total desrespeito com a nossa categoria.” afirmou o coordenador.
Não havendo avanços nas negociações a categoria pode deflagrar greve por tempo indeterminado.

Nenhum comentário: