8.1.13

PT DE PETROLINA ADERE À GESTÃO DE JÚLIO LÓSSIO


Por Bráulio Wanderley

PT de Petrolina apoia Júlio Lóssio (PMDB) sem nenhuma discussão com o conjunto de seus filiados e filiadas no apagar das luzes pós-eleição. Parece jogo de cartas marcadas. Sendo assim deveria ter dito antes para que eu respeitasse minha biografia e votasse em Rosalvo Antonio (PSOL).

Sobre o que se debateu? Qual a mudança na política pública da cidade? Gestão participativa?  Transparência nas contas públicas? Valorização do servidor público? Reforma na Educação? Política para a Juventude? Desenvolvimento sustentável? Acessibilidade? Será que a gestão atual, agora com o vice Guilherme Coelho (PSDB) e o apoio do DEM (outrora "oligarquia Coelho") vai apoiar a minha iniciativa que o então candidato Odacy Amorim defendeu em sua campanha sobre a gratuidade da Facape? Ou será que toda essa adesão se resume a cargos?

Nem peço resposta ao PT Municipal que conta com 2 deputados estaduais: Odacy Amorim e Isabel Cristina e 2 vereadores: Geraldo da Acerola e Cristina Costa, pois acordo às escuras não vale meu respeito. O mínimo que um partido sério faria seria comunicar em nota, após amplo e democrático debate interno, a decisão da maioria dos seus filiados e filiadas. Ou será que o PT municipal esqueceu que há uma resolução do Diretório Nacional que não permite alianças (imagino que participar de gestões também não) com o DEM, PSDB e PPS salvo aprovação do seu pleno? Assim ocorreu para homologar a aliança com o ex-candidato a vice-prefeito Vilmar Cappelaro.

Como simples Militante, Cidadão, Professor e Contribuinte repudio tal atitude face aos quase 30.000 votos que a candidatura majoritária recebeu e os 13.000 votos proporcionais da coligação PT-PPS.

Leia as matérias nos links abaixo:

http://www.carlosbritto.com/odacy-amorim-confirma-aproximacao-do-pt-com-julio-lossio/
http://www.blogdomagno.com.br/index.php
http://www.geraldojose.com.br/index.php?sessao=noticia&cod_noticia=34553

Nenhum comentário: