31.10.12

Umbuzada Sonora mescla artistas de destaque nacional com atrações locais em Juazeiro

ENVIADO PELO COMPANHEIRO JÚNIOR SOUZA, do COLETIVO COLETÂNIA

Curumin, Orquestra Contemporânea de Olinda, Cascadura e Scambo estão entre as atrações nos dias 10 e 11 de novembro no Centro de Cultura João Gilberto

O Programa Conexão Vivo apresenta, nos próximos dias 10 e 11 de novembro, a terceira edição do Umbuzada Sonora, festival que traz na sua grade de programação artistas de destaque nacional junto a crítica especializada, como Curumin, Cascadura e Orquestrada Contemporânea de Olinda. As apresentações, que ainda contam com outras cinco atrações baianas, acontecem no Centro de Cultura João Gilberto, a partir das 18 horas. Os ingressos custam R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia), para cada dia.

No dia 10 (sábado), dois artistas que lançaram elogiados álbuns em 2012 são os destaques do festival. Um deles é o paulista Curumin, um dos mais importantes nomes da nova MPB dos anos 2000, que vem a Juazeiro com a turnê do disco “Arrocha”, terceiro de sua carreira.

Além de Curumin, a outra atração de destaque da noite é a banda baiana de rock Cascadura, que lançou este ano o disco "Aleluia", quinto de sua discografia. O álbum foi um dos indicados na categoria "melhor disco" na premiação do Video Music Brasil, da emissora de TV MTV Brasil. Completam a programação da abertura do Umbuzada duas atrações da região do São Francisco: Tio Zé Bá e Bazzara.

O Tio Zé Bá é um projeto paralelo de Maércio José, vocalista e produtor da banda Apocalypse Reggae, com a proposta de mesclar várias tendências distintas no próprio gênero reggae, sobretudo com os outros estilos musicais brasileiros. Já os rapazes da Bazzara apresentam seu rock alternativo com influências que passam por Nirvana, The Doors, Metallica e Guns'n'Roses.

No segundo e último dia do Umbuzada, os destaques vão para as bandas Orquestra Contemporânea de Olinda e Scambo. A big band olidense, que já ganhou matéria de destaque no prestigiado jornal norte-americano The New York Times, chega a Juazeiro com o seu recém-lançado segundo disco, “Pra Ficar”, que teve produção de Arto Lindsay, produtor norte-americano radicado no Brasil que já dirigiu trabalhos de Caetano Veloso, Marisa Monte e Carlinhos Brown, entre outros. 

Já a Scambo, banda de rock dona de um dos públicos mais fiéis da cena alternativa da capital baiana, se apresenta no palco do Centro Cultural João Gilberto com a turnê do disco "Flare", lançado este ano.

As duas bandas da região que integram a grade de atrações do Umbuzada Sonora no domingo (12) são a Cabelo de Serpente e Mudamundistas. Com 15 anos de carreira, a Mundamundistas traz em seu som gêneros como o baião e o samba, mas também dialogando com o reggae, o fado e o jazz, sempre com uma performance irreverente e performática. Já a Cabelo de Serpente foi formada em 2005, mesclando ao pop/rock, o soul e ao funk a música brasileira de raiz, com ritmos como maracatu, o maculelê, o afoxé e o samba.

Histórico - Incubado em 2010, o festival Umbuzada Sonora acontece no Centro de Cultura João Gilberto. Na primeira edição, três nomes locais se apresentaram ao lado do alagoano Wado, para mais de 1,2 mil pessoas. No mesmo ano, ocorreu o ciclo de debates “Música e Pensamento”, feito em parceria com a Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), a Universidade do Estado da Bahia (UNEB) e a Prefeitura Municipal de Juazeiro, através de sua Secretaria de Cultura.

No ano seguinte, 2011, 10 shows atraíram mais de 3 mil pessoas, que foram ver Eddie, Mundo Livre S.A., Cabruêra, Os Barcos, O Circulo, dentre outros. Também aconteceram duas oficinas para o público local.

Conexão Vivo – Mais de uma centena de projetos musicais de todo o país fazem parte do Programa Conexão Vivo, que reúne shows, festivais independentes, gravação de CDs e DVDs, produção de videoclipes, programas de rádio, oficinas e seminários, compondo uma rede nacional e permanente de atividades culturais, que envolve artistas, gestores e produtores culturais, iniciativas públicas e privadas.

O Conexão Vivo realiza ao longo do ano um circuito próprio de eventos onde toda essa diversidade de ações acontece conjuntamente. Além disso, o programa está presente em muitas das mais importantes iniciativas da cena musical brasileira, seja com o patrocínio de projetos ou parcerias artísticas em eventos de destaque no calendário nacional, e outros festivais independentes.

SERVIÇO: Festival Umbuzada Sonora – Ano III.

Datas: dias 10 (sábado) e 11 (domingo) de novembro.
Local: Centro de Cultura João Gilberto. (Rua José Petitinga, s/nº, Santo Antonio, Juazeiro - Bahia).

Atrações:
Dia 10/11 (sábado), 18h: Bazzara, Tio Zé Bá, Curumin e Cascadura.
Dia 11/11 (domingo), 18h: Cabelo de Serpente, Mundamundistas, Scambo e Orquestra Contemporânea de Olinda.

Valores: R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia), para cada dia.

Para baixar todas as opções de fotos das atrações em alta resolução:
ou

Nenhum comentário: