15.10.12

POLÍTICA EM FOCO

Por Bráulio Wanderley


FELIZ DIA DOS PROFESSORES 

O reconhecimento da docência se dá na prática cotidiana através da formação cidadã das gerações do nosso povo. Ser professor requer estar na juventude, aprender com ela, reconhecer seus anseios, orientá-la e saber escutá-la como segmento em constante transformação. 

Ser Professor é ser Companheiro, nunca um apêndice de babá. Daí a busca da sua real valorização como Profissional, sem a qual nenhuma carreira se forma.

Ser Professor é ser Educador, Amigo e, mais que tudo, Humano.

ELEIÇÃO E INTERNET

Passadas as eleições temos os vitoriosos cheios de DNA's e os derrotados órfãos. Pois bem, disputas partidárias à parte, as redes sociais bombaram os debates entre as ideias que cada internauta defende.

Cada um mais apaixonado pelo seu candidato, às vezes mais candidato a governar o céu que a cidade.

O facebook bombou com relação à "popularidade" de candidatos, vide os perfis falsos, os famosos "fakes" criados com a finalidade de ampliar a divulgação de determinado candidato e detonar os adversários.

No twitter, os perfis falsos remontam as eleições de 2010 por meio dos #hashtags endereçados às contas dos candidatos. Cada um buscando maior pontuação junto aos "trend topics".

De certo que a campanha pela internet derruba menos árvores, ao economizar os famigerados "santinhos", consequentemente, não suja as ruas, além de não poluir visualmente o trânsito com os outdoors disfarçados de cavaletes.

A conexão com o eleitor se dá sem que ele precise sair do monitor, não atrapalha sua programação televisiva com guias, musiquinhas, propostas genéricas e blá, blá, blá.

Está na hora da Justiça Eleitoral observar uma regulamentação da campanha virtual e, por sugestão, proibir as danosas carreatas, um abuso do poder econômico que a maioria dos juízes eleitorais não conseguem enxergar.

COLETIVO SALVE A ILHA DO FOGO FAZ CHURRASCO NA PONTE

Mais uma vez barrados na Ilha, o Coletivo programou um churrasco no último domingo com os ativistas "A Ilha do Fogo é do Povo", via redes sociais, com a intenção de mostrar ao povo de Petrolina e de Juazeiro que o cartão postal do São Francisco, sob intervenção militar, AINDA, não está disponível ao público.

O ato pacífico e, não mais alegre em virtude da cerca, contou com dezenas de manifestantes, além do apoio de quem passava próximo ao local. Vejam as fotos na página do grupo no facebook.
PARTICIPE DO GRUPO:
https://www.facebook.com/groups/186764398119614/

OSINALDO DEFENDE 23 VEREADORES EM PETROLINA

O vereador Osinaldo Souza (PP) disse que irá buscar amparo jurídico, se necessário for, para ampliar as vagas da Câmara de Vereadores. Mesmo com mais de 2300 votos, Osinaldo ficou na 20ª colocação, dentre as 19 vagas aprovadas pela própria Câmara este ano. A única vereadora a defender 23 vagas, previstas pelo número de habitantes do Município foi Cristina Costa (PT).

PT X PT

A (eterna) disputa interna no PT começou a pegar fogo e ao que tudo indica o Partido terá dois novos polos: Humberto Costa - CNB (Construindo um Novo Brasil)/João Paulo - AE (Articulação de Esquerda) X João da Costa com um bloco DS/PTLM/OM (Democracia Socialista, Partido de Lua e Massas, Organização Marxista, entre outras correntes). O bicho vai pegar!

PT X PT EM PETROLINA

Após eleger, pela primeira vez na história, dois vereadores: Cristina Costa (reeleita) e Geraldo da Acerola, ainda não se sabe se a aliança entre a CNB/AE será reproduzida em Petrolina. A aliança entre as tendências, que racharam a antiga Articulação em 1993, resultou no famigerado desrespeito às prévias que elegeram João da Costa como candidato à Prefeitura do Recife e à (in)consequente chapa Humberto/João Paulo, que amargou uma pífia 3ª colocação no pleito, além de ter caído os votos de legenda de 45.000 para pouco mais de 11.000 votos, ficando atrás do PSB de Eduardo Campos/Geraldo Júlio.

JÚLIO LÓSSIO E O FUTURO GOVERNO

Ainda pairam dúvidas quanto à impugnação da chapa Júlio Lóssio/Guilherme Coelho. Indiferente a elas, o prefeito costura uma reforma para ampliar seu leque de apoios partidários com vistas a 2014 e a algumas lideranças insatisfeitas com o (des)tratamento das bases dos governos estadual e federal, hegemonizadas em Petrolina pelo PSB. Lóssio, é o maior calo de Eduardo das cidades-polo de Pernambuco.

DEPUTADO RAUL HENRY (PMDB) PODE SER SECRETÁRIO

Ao que se comenta no Palácio do Campo das Princesas, por conta de ter aberto mão de sua candidatura, ter saído da Mesa da Unidade (PMDB/DEM/PSDB/PPS) e intermediado a (re)união entre o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) e o governador Eduardo Campos (PSB), o dep. federal Raul Henry (PMDB) pode ser o próximo secretário estadual de educação. Mas parece que o governador prefere Henry fazendo a ponte com a vice-presidência da República, leia-se Michel Temer (presidente de honra e de fato do PMDB). Já se especula que o plano B de Raul Henry seria a secretaria de educação do Recife, falta combinar com o prefeito eleito Geraldo Júlio (PSB) e este com o governador.

TEM MAIS

O governador Eduardo Campos (PSB) poderá "recomendar" a volta de Isaltino Nascimento (atual secretário de transportes) à Assembleia Legislativa (ALEPE) e incorporar ao seu secretariado o prefeito do Recife João da Costa (PT), a confirmar.

PT SAI MAIOR QUE DILMA 

O receio da presidenta Dilma Rousseff em associar o (bem avaliado) governo às campanhas municipais e ao PT (devido ao julgamento do "mensalão) podem lhe render "corpo mole" de segmentos do partido na sua possível candidatura à reeleição. Alguns membros do alto escalão petista alegam que não devem nada a presidenta, já que o partido ampliou suas prefeituras e as bancadas de vereadores. A conferir.

OPOSIÇÃO ENCOLHE

Mesmo com a audiência da Ação Penal 470 ("mensalão"), a oposição perdeu inúmeras prefeituras, o que mostra a falta de discurso para capitalizar sobre o PT e os partidos da base governista. O DEM passou de 497 para 275 prefeituras, o PSDB caiu de 797 para 683, já o PPS passou de 129 para 118, segundo dados do TSE.

A PRIMEIRA DERROTA DE MARINA

Após a Câmara dos Deputados aprovar o projeto que impede que novos partidos recebam verbas do fundo partidário e ganhem tempo de televisão, o projeto da "Nova Política" da ex-petista e ex-verde Marina Silva levou uma ducha de água fria. Marina estuda a possibilidade de se filiar a um partido já existente. Pro PT e PV ela não volta, no PSB o espaço está reservado ao governador pernambucano Eduardo Campos, o PSDB é muito "à direita" e está com o senador mineiro Aécio Neves. O presidente nacional do PPS, deputado Roberto Freire (SP) colocou seu partido à disposição. Restam poucas opções e tempo à ex-senadora acreana que em 2010 conquistou quase 20% dos votos no primeiro turno da eleição presidencial e pretende tentar o Planalto novamente em 2014.

PERGUNTAR NÃO OFENDE

Joseph Bandeira, após voltar a ser suplente de deputado federal, ser suspenso do PT, ter sua candidatura impugnada em Juazeiro-BA e pedir votos a Márcio Jandir (PV/PSDB/DEM) continua no partido?

O PT de Petrolina vai apoiar Júlio Lóssio como querem alguns ou continua independente? Oposição, de fato, nunca foi.

Qual serão os próximos passos do atual vice-prefeito Domingos Sávio (PSDB)? Sai da política eletiva, vai pra deputado estadual em 2014 ou espera a vereança em 2016?

Quem vai ser candidato em 2014, Lóssio ou Guilherme?

O ministro Fernando Bezerra Coelho (PSB) já se recuperou dos 18.000 votos impostos por Júlio Lóssio?

Odacy Amorim (PT) vai pra federal ou divide a base com Isabel Cristina para estadual?

José Serra (PSDB-SP) disputa a prefeitura ou uma guerra santa?

O ex-presidente cubano Fidel Castro está vivo ou morto?

E AÍ PREFEITO?


O esgoto corre a céu aberto, 24 horas, no bairro do São Jorge, em Petrolina, por toda a rua 09 levando mau cheiro e doenças à comunidade. Com a palavra a prefeitura.

Nenhum comentário: