24.8.12

DIGA NÃO AO TRABALHO INFANTIL!

DO PORTAL CUT
188-271-crop (187×271)
A adesão da Central Única dos Trabalhadores à Campanha Nacional pela Erradicação do Trabalho Infantil é mais uma contribuição ao debate sobre esse grave problema social existente no Brasil e em vários países do mundo.
A questão do trabalho infantil é tema que ocupa cada vez mais a agenda nacional e internacional, exigindo do movimento sindical uma reflexão cuidadosa em relação as suas consequências e à construção de estratégias para o seu combate.
O movimento sindical CUTista, ao centrar sua atuação no combate ao trabalho infantil vem reforçando a luta dos movimentos sociais populares, dos conselhos de direitos e dos conselhos tutelares, dos fóruns de defesa dos direitos da criança e do adolescente e dos organismos públicos nacionais e multilaterais, pelo cumprimento dos direitos estabelecidos nas legislações.
Dados de 2009 da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) indicam que no Brasil são 4,2 milhões de crianças e adolescentes brasileiros em situação de trabalho. Isso demonstra que nosso país, apesar de ter conseguido reduzir o número de casos nos últimos anos, ainda possui uma das maiores taxas de exploração do trabalho infantil do mundo.
A CUT condena esta prática e conclama os trabalhadores e trabalhadoras e toda a sociedade brasileira a persistirem na luta pelo fim do trabalho precoce.
Lugar de criança é na escola. Diga não ao trabalho infantil!
Somos fortes, somos CUT!

Nenhum comentário: