17.3.12

ODACY AMORIM ANGARIA RECURSOS DO MINISTÉRIO DA SAÚDE PARA TRATAR DOS DEPENDENTES DE CRACK NO VALE DO SÃO FRANCISCO


O deputado estadual Odacy Amorim, do PT-PE, conseguiu nesta quarta-feira, dia 14 de março, uma boa notícia do ministro da Saúde, Alexandre Padilha (fotos - Aluísio Moreira/SEI). Odacy esteve com Padilha durante a solenidade no Palácio do Campo das Princesas para a assinatura do convênio entre os governos estadual e federal para a liberação de mais de R$ 4 bilhões no combate ao crack no país dentro do programa ‘Crack é possível vencer’, sendo R$ 85 milhões para ações na capital do estado. 
Os recursos se somam aos R$ 55 milhões que estão sendo aplicados até 2014 no Programa Estadual de Enfrentamento ao Crack lançado há quase dois anos pelo governador. O deputado levou ao ministro a sua indicação apresentada em junho do ano passado na Assembleia Legislativa, sugerindo as instalações da Santa Casa da Misericórdia e do Hospital Semec, em Juazeiro da Bahia, ambas desativadas, como unidades de referência no tratamento aos dependentes de crack no Vale do São Francisco. 
Segundo o parlamentar, o ministro se mostrou bastante receptivo a sua idéia e disse que assim que fosse discutida a forma legal para a concretização dessa ação, o Ministério da Saúde liberaria os recursos necessários para a implantação da unidade. Odacy informou ainda que a conversa contou também com as presenças do governador Eduardo Campos (PSB) e do secretário de Saúde de Pernambuco, Antônio Figueira. 
“Todos se mostraram propensos a atender a minha indicação visto que esta é uma ação que merece que todos os estados se unam no combate a droga que virou uma verdadeira epidemia no país e na região do Vale do São Francisco não é diferente, tem preocupado bastante”, disse Odacy. 

O deputado ressaltou que enviará documento à Secretaria de Saúde da Bahia, informando a sua intenção que conta com o apoio do Governo Federal em implantar a unidade de referência nas unidades de Juazeiro e que irá oficializar o seu pedido também junto ao prefeito da cidade baiana, Isaac Carvalho (PC do B).

“Já mantive uma conversa informal com o prefeito sobre o assunto, mas com o aval do ministro da Saúde em dizer que terá os recursos para a criação dessa unidade, vou agendar uma conversa oficial com Isaac e tratar dos detalhes desta importante iniciativa para toda a região”, afirmou Amorim.
Leitos - Segundo a indicação do deputado Odacy Amorim, o Hospital Semec de Juazeiro (Serviço Médio Cirúrgico Obstétrico do São Francisco), encontra-se fechado e possui 50 leitos desativados. Já a Santa Casa de Misericórdia, no seu 1º andar, possui cerca de 70 leitos ociosos que poderiam ser ocupados por pacientes de Petrolina e Juazeiro que apresentam transtornos decorrentes do uso e dependência de substâncias psicoativas, como é a dependência ao crack e que necessitam de internação e tratamento digno e adequado.
O texto frisa ainda que embora existam unidades do CAPS Álcool e Drogas nas duas cidades (Caps AD), estes não têm como objetivo a internação para tratamento dos pacientes, o que muitas vezes torna-se imprescindível para que se possa reintegrar o indivíduo à sociedade de forma produtiva e participativa a ambientes sociais e culturais, onde se desenvolve a vida cotidiana e familiar. 
“Com a adoção da medida, pode-se evitar que os dependentes químicos sejam internados em hospitais psiquiátricos, local não adequado para o tratamento deles, bem como evitar que sejam discriminados nos demais hospitais, uma vez que muitos pacientes e familiares não aceitam compartilhar enfermarias e outras dependências hospitalares com eles”, justifica Odacy em sua indicação

Nenhum comentário: