22.1.12

ATO NO ABC PAULISTA HOMENAGEOU MEMÓRIA DE CELSO DANIEL

DO BLOG DE JOSÉ DIRCEU

celso-daniel.jpg (218×300)

Ao contrário do que certos oportunistas da política afirmaram em blogs como o do Noblat, os 10 anos do vil e covarde assassinato de Celso Daniel foi lembrado em todo país pelo PT. No ABC, em particular, o PT lá estava em peso junto com sua ex-mulher Ivone Santana: o evento contou com vários prefeitos do partido (Luiz Marinho, Mário Reali, Oswaldo Dias), os deputados Carlos Grana e Vanderlei Siraque, além do senador Eduardo Suplicy e outras lideranças políticas.

Em ato público, lembraram a vida e a obra do ex-prefeito e deputado petista, rechaçando, mais uma vez, a campanha torpe e infame que busca dar caráter político ao sequestro e assassinato de Celso, crime até hoje a espera de um julgamento. Esse fechamento não acontece, em grande parte, pela ação ilegal do Ministério Público Estadual e dos irmãos do ex-prefeito.

A esse propósito, recomendo a todos a matéria do Repórter Diário online, “Após 10 anos da morte de Celso Daniel, ex-esposa rechaça crime político”. A reportagem traz um depoimento de Ivone, no qual ela rechaça veementemente a teoria de que o petista tenha sido alvo de um crime político. Para a viúva de Celso, tal hipótese é, simplesmente, “muito louca”.

Recorte que o MPE faz das coisas

“Que mundo é esse em que matam um legista para encobrir um crime? Nunca perdi o sono por isso. Só pelo ‘recorte’ que o Ministério Público fez das coisas”, criticou Ivone, em alusão à versão do MPE e dos irmãos de Celso, João Francisco Daniel e Bruno Daniel. (Leia mais neste blog).

Nenhum comentário: