21.4.11

UFPE ELEGERÁ REITOR E VICE-REITOR NA PRÓXIMA TERÇA

Do Blog de Jamildo Melo com informações da UFPE

eleicao_urna.jpg (463×491)

Na próxima terça-feira (26), a comunidade da UFPE vai às urnas no processo de consulta para escolha dos novos reitor e vice-reitor da Universidade. Professores, funcionários técnico-administrativos e alunos da graduação e da pós-graduação totalizam 37.926 eleitores. Cada segmento do eleitorado representa 33,3% dos votos, o que demonstra a paridade da eleição. Concorrem ao cargo de reitor três candidatos: Anísio Brasileiro, Gilson Edmar e Pierre Lucena, em substituição ao professor Amaro Lins, no cargo desde 2003.

O colégio eleitoral é comparável ao do município sertanejo de Salgueiro (37.307 eleitores) e superado por apenas 31 dos 184 municípios pernambucanos e Fernando de Noronha, segundo dados do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE). São aptos a votar 2.136 docentes, 3.778 servidores técnico-administrativos em Educação e 32.012 alunos.

Nos três campi Recife, Vitória e Agreste, em Caruaru, serão instaladas 81 urnas eletrônicas que vão receber os votos das 9h às 21h. Treze urnas serão destinadas aos professores, 18 aos servidores técnico-administrativos e 50 aos alunos. As urnas com numeração iniciada por “1” serão para docentes, as iniciadas por “2” serão para servidores técnico-administrativos e as que começam com “3” serão para os alunos.

As urnas eleitorais estarão presentes nos 12 centros acadêmicos (Recife e interior) e nos prédios da Reitoria, Biblioteca Central, Hospital das Clínicas e Núcleo de Televisão e Rádios Universitárias. Os eleitores serão cadastrados por ordem alfabética e de acordo com o centro ao qual estão vinculados. Este ano, os estudantes dos cursos de pós-graduação votarão junto com os da graduação.

De acordo com o presidente da Comissão Eleitoral, professor Ivanildo Figueiredo, a apuração dos votos será iniciada logo após a votação, no auditório Reitor João Alfredo, localizado no prédio da Reitoria. O resultado será divulgado no mesmo dia. Caso seja necessário, o segundo turno será realizado no dia 5 de maio.

UFPE – Os novos reitor e vice-reitor assumirão o comando da melhor universidade do Norte/Nordeste. A instituição conta este ano com um orçamento no valor de R$ 749.136.322, semelhante ao executado pela Prefeitura Municipal de Jaboatão dos Guararapes, um dos maiores do Estado, em 2010.

A Universidade dispõe de três campi – na capital, na Zona da Mata (Vitória de Santo Antão) e no Agreste (Caruaru), que juntos somam 12 centros acadêmicos, oferecendo 91 cursos de graduação presenciais, três cursos de graduação a distância, 116 cursos de pós-graduação stricto sensu, dos quais 65 mestrados acadêmicos, seis mestrados profissionais e 45 doutorados, além de 64 cursos de pós-graduação lato sensu (especializações). No Vestibular 2011, foram oferecidas 6.705 vagas nos três campi.

A Universidade passa, atualmente, por um processo de ampliação de suas instalações físicas, com diversas obras financiadas pelo Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), nos campi Recife, Vitória e Agreste. O destaque são três blocos compartilhados, em construção no Campus Recife, que abrigarão salas de aula de seis centros, laboratórios e outros espaços como auditórios. Essas edificações irão acrescentar 12.367,60 m² à área construída da UFPE.

QUEM É QUEM
Anísio Brasileiro de Freitas Dourado, 56 anos, fez graduação em Engenharia Civil pela UFPE (1977), mestrado em Engenharia Industrial pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1981), especialização (1987) e doutorado em Transportes pela École Nationale des Ponts et Chaussées (1991), com pós-doutorado no Laboratoire Téchniques, Territoires et Société (LATTS), associado à École Nationale des Ponts et Chaussées, Université Marne La Valée et Université Paris XI (2000). É professor associado II e, desde 2007, pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação.

Gilson Edmar Gonçalves e Silva, 68 anos, possui graduação em Medicina pela UFPE (1966), mestrado em Neurofisiologia Clínica/Epileptologia - Université d’Aix-Marseille (1973) e doutorado em Neurologia pela Universidade Federal de São Paulo (1991). Atualmente é professor associado II da Universidade Federal de Pernambuco, professor assistente estrangeiro d´Université D’aix Marseille. Foi eleito vice-reitor da Universidade em 2003, tendo sido reeleito em 2007, estando no exercício da função.

Pierre Lucena Raboni, 39 anos, possui graduação em Administração pela Universidade Federal de Pernambuco (1994), mestrado em Economia pela UFPE (2000) e doutorado em Administração/Finanças pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2005). Foi professor visitante na Universidade do Minho, como bolsista do Programa Erasmus Mundus. Atualmente é professor adjunto da Universidade e coordenador do curso de Administração da Universidade.

Nenhum comentário: