10.12.10

PETROLINA: CÂMARA VETA CONVOCAÇÃO DE CONCURSO PARA A EDUCAÇÃO

Por Bráulio Wanderley

camara-de-vereadores-de-petrolina.jpg (240×180)

Não é surpresa que ao custo de inviabilizar uma gestão, por si só despreparada, a câmara de vereadores de Petrolina recuse a um pleito urgente e essencial à sociedade.

Sou historiador, mas uma equação simples dá a razão do problema: Qual a diferença entre um concurso e uma contratação? A indicação, a velha mania do Quem Indica.

A desculpa (em off) de alguns vereadores é de que o prefeito iria aumentar os gastos do Município com a efetivação de novos servidores, em lugar das contratações temporárias e de que os atuais servidores não poderiam obter melhores índices de reajustes salariais.

Cadê o FUNDEB? Onde se encontra a aplicação do piso salarial do magistério? Mais que isso, indica o bom senso que ou se faz educação para o povo ou não se faz povo educado.

Enquanto educação for GASTO e não INVESTIMENTO nenhuma sociedade evoluirá ao patamar de dizer NÃO a esses representantes legislativos nas próximas eleições.

Nenhum vereador se manifestou publicamente, o que prova o nível de desacato ao povo de Petrolina.

PS.: Quantos vereadores tem filhos na escola pública? Eis o desdém, nem eles confiam!

Nenhum comentário: