27.10.10

LUTO ARGENTINO: MORRE O EX-PRESIDENTE NÉSTOR KIRCHNER

Por Bráulio Wanderley

Com Imagens e informações do La Nacion.

O povo Argentino está de luto. A morte inesperada de Néstor Kirchner provocou comoção forte popular. Kirchner foi um dos poucos presidentes que nos últimos anos se afirmou como um estadista e fez ressurgir a auto-estima daquele povo após a crise do curralito em 2002 que ocasionou em protestos e 5 presidentes em apenas 10 dias.

Néstor, como era chamado carinhosamente pelos argentinos, seria uma possível alternativa à sucessão de Cristina, do Partido Justicialista, ao lado do correligionário e também ex-presidente Eduardo Dualde.

Relativamente jovem, tinha apenas 60 anos, Kirchner apresentava problemas cardíacos há algum tempo, tendo sido hospitalizado em 2 ocasiões só neste ano. Numa delas eu estava na Província de Buenos Aires, Capital Federal. No último 11 de setembro, Néstor fora submetido a uma angioplastia por disfunção na artéria coronária.

Seu prestígio se consolidou após as reformas econômicas que puseram fim ao "panelaço" e ao "curralito" implementados pelo ex-presidente Carlos Menem e pelo ex-ministro da economia Domingos Cavallo e não solucionados pelo ex-residente Fernando de La rua..

A causa do óbito foi tida como enfarto fulminante, de acordo com o médico do ex-presidente, Luís Buonomo, o ex-mandatário sofreu uma parada cárdio-respiratória não traumática e não respondeu às tentativas de reanimação.

O velório íntimo, restrito à família e amigos mais próximos, foi adiado em virtude da chegada de uma de suas filhas, Florencia, que mora nos Estados Unidos. O velório oficial será na Casa Rosada e o enterro será na sua província natal, Santa Cruz.

Vários chefes de Estado mandaram as condolências à família. O presidente Lula enviou mensagem dizendo que estava consternado, pois perdia um grande aliado e amigo, Kirchner ocupava a secretaria geral da Unasul. O presidente brasileiro decretou luto oficial por 3 dias e segue para a Argentina para acompanhar o velório ou o enterro na sexta-feira.

Nota oficial da República Federativa do Brasil: "Foram notáveis o seu papel na reconstrução econômica, social e política de seu país e seu empenho na luta comum pela integração sul-americana. Os brasileiros se associam à dor de nossos irmãos argentinos neste momento amargo."

O site da presidência da república argentina dedicou um espaço para o envio de mensagens.

Mensajes a la Presidenta. En la página oficial de Presidencia de la Nación ofrecen un espacio para enviar mensajes de condolencia a Cristina Kirchner por la muerte de su marido.

Conheci a Argentina neste ano, em duas ocasiões tive a oportunidade de aprender mais sobre a história latinoamericana, fazer novas amizades, ampliá-las e reencontra-las. Este blog envia as suas condolências à presidente Cristina, à familia Fernandes e Kirchner e ao lindo povo daquele país.

Mais informações:

Nenhum comentário: