23.6.10

PLÁSTICAS IMPEDIRAM A DECOMPOSIÇÃO DO CORPO DE MICHAEL JACKSON

Por Marcelo Zorg e Otileno Júnior do sensacionalista.virgula.uol.com.br

Um ano depois de sua morte, Michael Jackson continua causando polêmica. Funcionários do Memorial Center, onde ele foi enterrado, exumaram hoje seu corpo e encontram o cantor intacto.

Médicos que analisaram o cadáver explicaram que a grande quantidade de cirurgias plásticas e de material artificial usado por Michael estão impedindo que seu corpo entre em decomposição. "Ironicamente ele, que era o garoto que não queria crescer, agora virou o garoto que não quer morrer", disse Adam Smith, que coordenou o trabalho dos médicos.

A família de Michael chegou a dizer que ele tinha sido cremado, para evitar romaria ao túmulo. O cantor, porém, deixou por escrito que queria ser enterrado porque não conseguia imaginar seu corpo sendo consumido pelas chamas."Ele viveu querendo ser enterrado", resumiu um amigo.

Nenhum comentário: